4-0-3
 
 
Página Inicial  

Pesquisar pelo Site:

Oriente-se
Empresas
Imóveis
Turismo
 
 



 

Bolsonaro e Haddad estão no segundo turno

Com 96% das urnas apuradas, o candidato do PSL tinha 46,62% dos votos válidos neste domingo (7), contra 28,50% do petista.



Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) disputarão em segundo turno, marcado para o dia 28 de outubro, a Presidência da República. Com 96% das urnas apuradas, o candidato do PSL tinha 46,62% dos votos válidos contra 28,50% do petista. Ciro Gomes(PDT) ficou na terceira posição, com 12,52% dos votos.

O PSDB ficou na quarta posição neste ano com o candidato Geraldo Alckmin, que obteve 4,81% dos votos válidos. Marina Silva ficou em oitavo, com 1% dos votos.

Os candidatos que disputam o segundo turno têm perfis diferentes não só nas propostas como na trajetória política.

Capitão da reserva do Exército, Bolsonaro foi deputado federal pelo Rio de Janeiro por 27 anos e acumula críticas em relação a discussões sobre questões de gênero, sexualidade e direitos humanos, além de defender a militarização de escolas e o armamento da população.

Já o professor universitário Fernando Haddad foi ministro da Educação e prefeito de São Paulo. Substituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cuja candidatura foi barrada pelo TSE por causa das condenações por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em segunda instância, Haddad concentrou sua campanha no primeiro turno na defesa dos feitos da gestão de Lula e prometeu retomar o desenvolvimento econômico com inclusão social.

O novo presidente será conhecido na noite de 28 de outubro. A posse está marcada para 1º de janeiro de 2019.

Confira os números com 96% das urnas apuradas

• Jair Bolsonaro (PSL): 46,62%

• Fernando Haddad (PT): 28,50%

• Ciro Gomes (PDT): 12,52%

• Geraldo Alckmin (PSDB): 4,81%

• João Amoêdo (Novo): 2,57%

• Cabo Daciolo (Patriota): 1,25%

• Henrique Meirelles (MDB): 1,21%

• Marina Silva (Rede): 1,00%

• Alvaro Dias (Podemos): 0,82%

• Guilherme Boulos (PSOL): 0,58%

• Vera (PSTU): 0,05%

• Eymael (DC): 0,04%

• João Goulart Filho (PPL): 0,03%

08.10.18 01:30

Outras Notícias:  
22.02.19 11:21 2019 começa com juros altos e absurdos ao consumidor
22.02.19 11:09 Chanceler vai à Colômbia para apoiar ajuda hu...
21.02.19 13:28 Bolsonaro pede apoio do Congresso e diz que f...
20.02.19 16:04 Reforma tem que ser aprovada na Câmara e no S...
20.02.19 15:59 As regras de transição previstas na reforma da Previdência
20.02.19 10:22 Bolsonaro entrega a deputados proposta da ref...
20.02.19 10:16 Ford anuncia fechamento da fábrica de São Bernardo do Campo
19.02.19 09:17 Economia brasileira cresceu 1,1% em 2018, diz FGV
19.02.19 09:13 Exoneração de Bebianno é publicada no Diário ...
18.02.19 10:09 Reforma da Previdência será enviada ao Congresso na quarta
 
Anterior [1/1123] Próximo
Copyright © Vida Econômica - É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Power by Sistema agencianaweb.com.br