4-0-3
 
 
Página Inicial  

Pesquisar pelo Site:

Oriente-se
Empresas
Imóveis
Turismo
 
 



 

Especialista em consórcio de imóveis, Ademilar destaca lançamento com grande inovação

por Vicente Teixeira


Foto: Mauro Campos

Entrevista com Tatiana Reichmann, diretora-superintendente da Ademilar Administradora de Consórcios

“Enquanto o consórcio imobiliário fechou 2017 com crescimento de 45,1% em volume de créditos comercializados, em comparação com 2016, os financiamentos sofreram retração de 7,4% no mesmo período. Essa disparidade mostra a maior conscientização do brasileiro em relação às suas finanças pessoais.”

“Em novembro de 2017, a Ademilar lançou o grupo 580 com uma grande inovação. Neste grupo, que oferece créditos entre R$ 250 mil e R$ 500 mil, é possível usar o valor de um imóvel do consorciado como lance para tentar antecipar a contemplação”, disse a diretora-superintendente da Ademilar Tatiana Reichmann, destacando que “essa nova modalidade possibilita ótimas negociações no mercado para aqueles que já têm um imóvel ou terreno”.

Especialista em consórcio de imóveis, “a administradora registrou crescimento de 61% em créditos comercializados em 2017, em comparação a 2016, e 2018 segue no mesmo ritmo: apenas neste primeiro quadrimestre, a empresa superou em 57% as vendas do mesmo período do ano passado”.

Além do consórcio de imóveis, a Ademilar também oferece a Aposentadoria Imobiliária. “O cliente compra uma cota e, após ser contemplado, adquire um imóvel para locação”, explica.

Bastante animada, Tatiana destaca que a crise econômica passou longe do setor. “Os resultados do último ano foram impressionantes”. Acompanhe.

1 - Para começar, qual o balanço que faz do segmento de consórcios como um todo nos últimos anos?

O crescimento expressivo apresentado pelo segmento de consórcios nos últimos anos reflete a maior conscientização do consumidor em relação ao seu planejamento financeiro. O brasileiro está se tornando mais consciente quanto às suas finanças e, por isso, começa a planejar o futuro. O consórcio de imóveis é uma modalidade segura de investimento para projetar a compra, construção ou reforma de um imóvel, uma vez que funciona como uma poupança programada, e isso tem atraído cada vez mais pessoas.

2 - A grave crise econômica em curso e o desemprego reduziram os negócios e elevaram a inadimplência dos grupos de consórcio?

De forma alguma. Os resultados do último ano foram impressionantes. Segundo dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC), durante o ano de 2017, 284 mil novas cotas de consórcio de imóveis foram comercializadas, revelando um crescimento de 26,4% em relação ao mesmo período em 2016 (225,2 mil cotas). Além disso, houve um aumento de 45,1% no número de créditos comercializados, alcançando a marca de R$ 38,77 bilhões.

3 - Nesse cenário, o que a Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário tem realizado de novo aos seus consorciados em 2017?

Em novembro de 2017, a Ademilar lançou o grupo 580 com uma grande inovação. Neste grupo, que oferece créditos entre R$ 250 mil e R$ 500 mil, é possível usar o valor de um imóvel do consorciado como lance para tentar antecipar a contemplação. Na confirmação do lance, é necessário apresentar a matrícula do imóvel e o laudo de avaliação emitido por vistoriador credenciado à Ademilar, atestando-se, assim, a titularidade e o valor do bem. Lembramos que o imóvel não é transferido para a administradora.

Essa nova modalidade possibilita ótimas negociações no mercado para aqueles que já têm um imóvel ou terreno. Se o consorciado adquire uma cota com crédito de R$ 400 mil e tem um imóvel de R$ 200 mil, pode usar este valor como lance e aumentar as chances de contemplação. Nesse cenário, o cliente terá um crédito de R$ 200 mil mais o imóvel de R$ 200 mil, ou seja, R$ 400 mil para comprar um imóvel de maior valor, quitar financiamento imobiliário ou construir num terreno que já possua, por exemplo. O valor (do imóvel) oferecido como lance é descontado do crédito contratado.

4 - Quais os segmentos de consórcio que a Ademilar atua?

A Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário, fundada em 1991, é especialista em consórcio de imóveis. O valor do crédito pode ser usado para comprar, construir ou reformar imóveis residenciais ou comerciais, investir no mercado imobiliário, quitar financiamento ou mesmo o saldo devedor de imóvel da planta.

Além do consórcio de imóveis, a Ademilar também oferece a Aposentadoria Imobiliária. O cliente compra uma cota e, após ser contemplado, adquire um imóvel para locação. Com o valor do aluguel, paga as parcelas restantes e repete a operação, até formar uma carteira de imóveis. Além de garantir renda extra para a aposentadoria, o consorciado aumenta o seu patrimônio.

5 - Desses segmentos, qual tem mais crescido? Quanto isso representa em termos percentuais?

A Ademilar registrou crescimento de 61% em créditos comercializados em 2017, em comparação a 2016, e 2018 segue no mesmo ritmo: apenas neste primeiro quadrimestre, a empresa superou em 57% as vendas do mesmo período do ano passado.

6 - Como funcionam os grupos de consórcio?

O consórcio funciona como uma poupança programada. Ao adquirir uma cota, o consorciado começa a pagar parcelas para a formação do fundo comum do grupo. Esse dinheiro é utilizado mensalmente para contemplar um ou mais consorciados por sorteio, realizado pela Loteria Federal, e lance. Se contemplado, o consorciado tem o crédito liberado.

7 - Na sua avaliação, o consumidor hoje está mais consciente da importância da educação financeira no planejamento das suas finanças pessoais?

Com certeza. Historicamente, ter uma reserva financeira é difícil para a maioria dos brasileiros. De acordo com pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em novembro de 2017, apenas três em cada dez brasileiros conseguiram chegar ao fim do mês com dinheiro sobrando. No entanto, as intenções para 2018 são otimistas, e a mudança do comportamento do consumidor é uma tendência: estima-se que 45% da população pretende economizar este ano e 27% tem como meta sair do vermelho, segundo outro levantamento, realizado pelo SPC Brasil em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) entre os meses de novembro e dezembro de 2017.

8 - Nesse sentido, consórcio tem sido beneficiado com a evolução da mudança no comportamento do consumidor?

Sem dúvida. Números do setor imobiliário comprovam essa tendência: enquanto o consórcio imobiliário fechou 2017 com crescimento de 45,1% em volume de créditos comercializados, em comparação com 2016, os financiamentos sofreram retração de 7,4% no mesmo período. Essa disparidade mostra a maior conscientização do brasileiro em relação às suas finanças pessoais: quando o consumidor faz as contas, não há dúvidas que a economia é enorme em comparação a outras modalidades parceladas de compra.


18.07.18 13:45

Outras Notícias:  
22.10.18 10:57 Mercado financeiro projeta inflação em 4,44% para este ano
22.10.18 10:54 PIB cresce 1,6% no trimestre encerrado em agosto
22.10.18 10:48 Ministra rebate Eduardo Bolsonaro e diz que i...
22.10.18 10:40 Polícia Federal abriu 469 inquéritos para inv...
21.10.18 12:47 Bolsonaro e Haddad adotam novo estilo a uma s...
19.10.18 21:01 Bolsonaro e filhos reagem às denúncias de fak...
19.10.18 09:36 Pagamento do 13º salário injeta R$ 211,2 bilhões na economia
19.10.18 09:34 Datafolha: Bolsonaro tem 59% dos votos válido...
19.10.18 09:27 Bolsonaro não vai participar de debates com Haddad
19.10.18 09:21 PT pede para TSE declarar inelegibilidade de ...
 
Anterior [1/1106] Próximo
Copyright © Vida Econômica - É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Power by Sistema agencianaweb.com.br