4-0-3
 
 
Página Inicial  

Pesquisar pelo Site:

Oriente-se
Empresas
Imóveis
Turismo
 
 



 

Pioneira, a Remaza conta como continua a crescer e como o setor tem aliviado os efeitos da crise

por Vicente Teixeira


Entrevista com o Ricardo Jaques de Carvalho, diretor Comercial da Remaza

“O consumidor brasileiro fica mais consciente e responsável com o investimento que faz”

“O Consórcio Remaza é uma das pioneiras no lançamento e formação de grupo de consórcio, com 51 anos de atuação no mercado”, destaca o diretor Comercial, Ricardo Jaques de Carvalho, nesta primeira entrevista por escrito da série que o portal Vida Econômica realiza com as empresas do setor.

Em relação às imensas dificuldades impostas pela crise, Jaques de Carvalho explica que o setor de consórcio fez um grande esforço para aliviar os seus efeitos. Em 2017, o Consórcio Remaza, por exemplo, “aumentou os seus canais de comunicação e foi de encontro aos seus clientes”.

“O nosso cliente é o nosso maior patrimônio, tudo que é preciso para mantê-lo na nossa empresa, temos feito”, frisa. O Consórcio Remaza atua em quatro setores: motocicletas, automóveis, utilitários e imóveis. Desses segmentos, o imóvel é que mais tem crescido na administradora. “De 30% a 40% ao ano”, explica Carvalho.

Ele projeta um cenário promissor para o setor, a educação financeira e as finanças pessoais. “O consumidor brasileiro, cada dia que passa, fica mais consciente, organizado, disciplinado e responsável com o investimento que faz. Nesse cenário, o consórcio é a maneira mais econômica e inteligente de adquirir um bem móvel durável”. Acompanhe.

1 - Para começar, qual o balanço que faz do segmento de consórcios como um todo nos últimos anos?

Um conjunto de fatores contribuíram para a solidez, propagação, divulgação e crescimento do consórcio. Além disso, a alta taxa de juros praticadas nos últimos anos inviabilizou o financiamento, fazendo com o que os consumidores, buscassem uma alternativa para a compra do seu tão sonhado bem, e o consórcio, foi a modalidade escolhida por milhares de pessoas.

2 - A grave crise econômica em curso e o desemprego reduziram os negócios e elevaram a inadimplência dos grupos de consórcio?

Sem dúvida nenhuma que ninguém gosta de conviver com o desemprego, porém, os negócios para o setor de consórcio, nestes últimos anos foi de pleno crescimento, ano a ano. Com relação a inadimplência, todos os segmentos da economia sentiram suas causas e seus efeitos, alguns mais, outros menos. As administradoras de consórcios fizeram um esforço concentrado no sentido de diminuir os efeitos da crise.

3 – Nesse cenário, o que a Remaza tem realizado de novo aos seus consorciados em 2017?

O consórcio Remaza não tem medido esforços, no sentido de atender as necessidades dos nossos consorciados. Aumentamos nossos canais de comunicação e fomos de encontro aos nossos clientes, procurando mantê-los com o seu investimento ativo e sempre dialogando com o mesmo, no sentido de buscarmos uma alternativa para solucionar as dificuldades momentâneas (de acordo com as regras do grupo). O nosso cliente é o nosso maior patrimônio, tudo que é preciso para mantê-lo na nossa empresa, temos feito.

4 – Quais os segmentos de consórcio que a Remaza atua?

Atuamos em 4 segmentos: Motocicletas, automóveis, utilitários e imóveis. Gostaria de destacar que o consórcio Remaza é uma das pioneiras no lançamento e formação de grupo de consórcio, com 51 anos de atuação no mercado.

5 – Desses segmentos, qual tem mais crescido? Quanto isso representa em termos percentuais?

O segmento que mais tem crescido na nossa administradora é o imóvel. De 30 a 40% ao ano. Algumas vantagens do consórcio imobiliário: financia 100% do valor do bem, não tem juros, utilização do FGTS, poder de compra, sem burocracia, etc.

6 - Como funcionam os grupos de consórcio?

Os grupos de consórcio, funcionam de acordo com as regras estabelecidas pelo Banco Central, ou seja, um bem por sorteio e quantos por lance o saldo de caixa do grupo permitir.

7 – Na sua avaliação, o consumidor hoje está mais consciente da importância da educação financeira no planejamento das suas finanças pessoais?

Com certeza, o consumidor brasileiro cada dia que passa, fica mais consciente, organizado, disciplinado e responsável com o investimento que faz. Nesse cenário, o consórcio é a maneira mais econômica e inteligente de adquirir um bem móvel durável.

8 - Nesse sentido, consórcio tem sido beneficiado com a evolução da mudança no comportamento do consumidor?

Sim, sem dúvida, as administradoras de consórcio recebem hoje um novo consumidor, um consumidor muito mais disciplinado, com relação às suas finanças e seus investimentos. Este consumidor está atento a tudo que se refere ao seu grupo de consórcio. Todos ganham com isso, o cliente, a família, o mercado e a administradora.

Perfil



O Consórcio Remaza mostra seu perfil

Tudo que você quer, do jeito que você pode

O Consórcio Remaza é uma empresa com larga experiência em realizar os desejos e necessidades dos clientes. São 50 anos de experiência servindo o público no ramo de consórcio de bens móveis e imóveis oferecendo os melhores planos do mercado com as menores taxas de administração.

Para garantir o melhor atendimento, cerca de dois mil funcionários estão em constante treinamento e aperfeiçoamento. Instalações modernas e informatizadas dão o conforto e segurança ao cliente durante o atendimento na empresa.

Além disso, os serviços de Telemarketing e Relações Públicas permitem o acesso à distância, garantindo uma integração confiável e transparente à Empresa.

É pensando na satisfação do cliente que o Consórcio Remaza cresceu e se tornou líder de mercado em São Paulo. Há décadas, trabalhando com determinação, superando obstáculos e inovando no setor comercial, a Remaza só poderia oferecer o melhor para você.

Empresas Remaza

O Consórcio Remaza é uma empresa do Grupo Remaza cujos empreendimentos estão presentes em diversos segmentos da economia. Saiba mais sobre o Grupo acessando o nosso site corporativo: www.remaza.com.br .

09.10.17 12:22

Outras Notícias:  
23.01.18 15:55 Em Davos, Meirelles diz que Brasil pode super...
22.01.18 11:13 Mercado mantém em 3,95% projeção de inflação para este ano
22.01.18 11:09 Aumento de bilionários em 2017 poderia acabar...
22.01.18 11:02 Presidente do STF suspende posse de Cristiane...
19.01.18 19:12 Sebrae e parlamentares querem derrubar veto a...
18.01.18 15:12 Caixa substituirá temporariamente vice-presidentes afastados
18.01.18 15:05 Febraban estuda ações para reduzir juros do cheque especial
18.01.18 15:02 Balança comercial tem superávit recorde em 20...
17.01.18 15:14 Intenção de consumo das famílias aumenta quas...
16.01.18 18:02 Aumenta a oferta de emprego na indústria brasileira, diz CNI
 
Anterior [1/1058] Próximo
Copyright © Vida Econômica - É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Power by Sistema agencianaweb.com.br